A empresa pode parcelar pagamento da rescisão dos demitidos?

A empresa pode parcelar pagamento da rescisão dos demitidos?


A CLT prevê que as verbas rescisórias sejam pagas até o primeiro dia útil seguinte ao término do contrato, se o funcionário cumprir o período do aviso prévio trabalhando.

A CLT prevê que as verbas rescisórias sejam pagas até o primeiro dia útil seguinte ao término do contrato, se o funcionário cumprir o período do aviso prévio trabalhando. Se o aviso prévio for indenizado, o prazo é de até 10 dias a contar da data da dispensa.

A legislação não prevê nenhuma autorização para que esse prazo seja flexibilizado ou fracionado. Além disso, a jurisprudência da Justiça do Trabalho tende a não aceitar essa flexibilização, mesmo por norma coletiva negociada pelo sindicato. Assim, não é possível o parcelamento dessas verbas.

Se a empresa realizar o parcelamento, ela será obrigada a pagar a multa correspondente ao valor de um salário do funcionário, devida nos casos de pagamento das verbas rescisórias fora do prazo legal.

Existem alguns casos, contudo, de grande repercussão social, em que se admitiu o parcelamento das verbas rescisórias mediante participação do sindicato profissional e do Ministério Público do Trabalho. Trata-se, porém, de situação excepcional, prevalecendo a regra de que não é admitido o parcelamento.




Espero que estas informações tenha sido úteis!
Um beijo,
Sueli Rocha Miranda
Consultora dos websites "Consultas Contábeis", do "Site Nota 10" e "Como Melhorar O Seu Blogger"
Formada em Computação e em Ciências Contábeis

Matéria publicada pelo Portal Consultas Contábeis, em parceria com o Site Nota 10 (sitenota10.com.br), com a Gráfica Muito Mais Barata (graficamuitomaisbarata.com.br) e com o Portal International Sites (internationalsites.com.br)


Editores:

* Vendas e Marketing:
Flávio Del Puente (sucesso.prosperidade@hotmail.com)

* Tecnologia da Informação, Contabilidade e Finanças:
Sueli Rocha Miranda (suelirmiranda@gmail.com)

* Gestão e Empreendedorismo:
Monique Oliveira (consultascontabeis@gmail.com)




Consultas Contábeis. Tudo o que você precisa em um único clique: Contabilidade, Finanças, Consulta CPF, Consulta CNPJ, Imposto de Renda, Receita Federal, Cálculos Financeiros... e muito mais!

Comentários

Matérias mais visitadas deste site

Com bitcoin e mais risco na carteira, IR requer atenção

Empresário cria máquina que recolhe e recoloca moedas em circulação

Cliente de classe média e alta é maioria em atacarejos, conhecidos por preço baixo

Trabalhador pode consultar extrato INSS no site da Previdência

Balança comercial tem superávit recorde de US$ 6,969 bilhões em abril