Já começou a entrega do Imposto de Renda 2017


Já começou a entrega do Imposto de Renda 2017


A declaração do Imposto de Renda 2017 começou no dia 2 de março e vai até 28 de abril. A Receita Federal espera receber 28,3 milhões de declarações.
A seguir, veja as principais mudanças anunciadas pela Receita.


QUEM DECLARA
Estão obrigados a fazer a declaração do Imposto de Renda aqueles que, no ano de 2016, receberam rendimentos tributáveis com soma superior a R$ 28.559,70 e aqueles com rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil.


IMPOSTO DE RENDA
Entre janeiro e agosto deste ano, a arrecadação federal somou R$ 816,481 bilhões, o pior desempenho para o período desde 2010


DEPENDENTES
Será obrigatório apresentar o CPF de dependentes com 12 anos completos até 31 de dezembro de 2016. No ano passado, o limite era de 14 anos.


AUTÔNOMOS
A exemplo de médicos, advogados e demais profissionais da saúde, os corretores de imóveis também terão que informar o CPF de seus clientes a partir do ano que vem.


CALENDÁRIO DE RESTITUIÇÃO
O primeiro lote será pago em 16 de junho. Ao todo, serão sete lotes, liberados em 17 de julho, 15 de agosto, 15 de setembro, 16 de outubro, 16 de novembro e 15 de dezembro.


IDOSOS TÊM PREFERÊNCIA
Quem preencher e entregar a declaração mais cedo deve receber a restituição do imposto de renda antes, pois a Receita prioriza a ordem de entrega. Também há preferência para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, portadores de necessidades especiais e contribuintes com doenças graves.


DECLARAÇÃO
Uma das novidades da versão deste ano é a possibilidade de recuperação de nomes. Uma vez preenchido um CPF ou CNPJ pelo contribuinte na aba de despesas médicas, por exemplo, o programa vai completar os dados automaticamente. O programa poderá recuperar dados deste ano e do ano passado.


PROGRAMA GERADOR DE DECLARAÇÃO
A grande facilidade para os contribuintes este ano é que não será preciso baixar o Receitanet, que foi incorporado ao Programa Gerador da Declaração. O contribuinte também não terá que se preocupar com atualizações, pois o programa fará tudo automaticamente. O Programa Gerador da Declaração está disponível no site da receita: http://idg.receita.fazenda.gov.br/


Matéria publicada por Consultas Contábeis, em parceria com a Gráfica Muito Mais Barata e o Portal International Sites (www.internationalsites.com.br). Colunistas: Flávio Del Puente (Vendas e Marketing), Clara Cont (Contabilidade e Finanças) e Mauro Marques (Gestão e Empreendedorismo).

Comentários

Matérias mais visitadas deste site

Com bitcoin e mais risco na carteira, IR requer atenção

Empresário cria máquina que recolhe e recoloca moedas em circulação

Cliente de classe média e alta é maioria em atacarejos, conhecidos por preço baixo

Trabalhador pode consultar extrato INSS no site da Previdência

Balança comercial tem superávit recorde de US$ 6,969 bilhões em abril